4 Alternativas Rentáveis Para a Melhor Forma de Investir Dinheiro

Melhor Forma de Investir Dinheiro

Na atual situação de forte onda de desemprego e crise econômica, é normal que surjam preocupações com a nossa renda e nossas economias, bem como curiosidades sobre a melhor forma de investir dinheiro.

“Onde investir meu dinheiro para render mais?”, tornou-se, com certeza, uma das questões que mais fazemos a nós mesmos.

E claro que junto desta questão chegam as suas companheiras: “qual será o melhor investimento a curto prazo?”; “qual a melhor forma de investir dinheiro no banco?” e a famosa “será que eu consigo investir pouco dinheiro e ganhar muito?”. 

Foi pensando em tirar todas essas dúvidas de uma única vez que listamos aqui 4 possibilidades rentáveis para uma melhor forma de investir dinheiro.

Vale lembrar que vamos excluir a poupança desta lista, pois ela já é conhecida. E nos últimos anos o seu rendimento tem sido bem menor, quando comparado a outros investimentos.

Mas ainda tem muita gente que permanece com o dinheiro aplicado nas famosas cadernetas de poupança. Isso ocorre somente porque a maioria das pessoas não conhecem os outros tipos de aplicações.

Então, esta lista é para você que quer dizer adeus à poupança e busca novas e simples alternativas rentáveis de aplicações.

Neste artigo, você verá quatro das principais alternativas lucrativas para quem quer investir o seu dinheiro, mas ainda não tem informações suficientes sobre os tipos de investimento. São elas:

Este conteúdo é importante pra você? Então, lembre que ele pode ser também para muitas outras pessoas. Compartilhe-o nas redes sociais, para que muito mais gente possa ter acesso a este tipo de informação relevante:

Certificado de Depósito Bancário (CDB)

Melhores Formas de Investir Dinheiro

O lucro através da aplicação em um CDB existe porque este sistema acontece através de empréstimo.

O investidor empresta dinheiro ao banco e é pago por isso no momento em que o banco empresta o valor captado a outros clientes.

Isso significa que o banco recebe o seu dinheiro de um lado e o empresta no outro, pagando uma taxa menor de captação do que aquela que foi cobrada para emprestar. Está aqui a garantia do lucro.

Normalmente, os CDB’s são pós fixados e ligados à taxa de DI (depósito interbancário). Ou seja, eles pagam ao investidor um percentual dessa taxa, que é muito próxima à taxa Selic.

O CDB é tão seguro quanto a poupança. Afinal, os dois métodos contam com a garantia do Fundo Garantidor de Crédito (FGC). Porém o retorno do CDB pode trazer o dobro do retorno da caderneta.

O que é esse Fundo Garantidor de Crédito? É um programa mantido pelos próprios bancos para garantir a segurança do mercado financeiro.

E é uma vantagem investir em aplicações que contam com esta garantia, porque em caso de quebra, o banco reembolsa até 250 mil reais ao investidor.

Vale lembrar que os bancos menores costumam oferecer algumas taxas mais tentadoras, mas isso acontece porque eles possuem mais riscos de quebra e não têm clientes com a mesma facilidade dos grandes bancos.

Por último, mas não menos importante: uma outra vantagem dos CDB’s é que muitos deles permitem que o valor investido seja resgatado a qualquer momento.

Porém, não esqueça que as melhores remunerações são obtidas nos CDB’s de longo prazo, com vencimento de até três anos.

Letra de Crédito Imobiliário (LCI)

Melhor Forma de Investir Dinheiro - LCI

A LCI conta com a isenção de Imposto de Renda (IR), um benefício que é concedido pelo governo como forma de incentivar o crédito ao setor.

Este título é enviado pelos bancos para a consecução de recursos destinados a financiamentos do setor imobiliário.

Neste tipo de aplicação, é comum que os bancos peçam contribuições elevadas para o investimento, mas alguns bancos podem aceitar contribuições menores, que permitem a aplicação em LCI com apenas 1 real.

Assim como o Certificado de Depósito Bancário (CDB), o sistema da LCI pode mudar muito de acordo com o banco. Por isso, é importante pesquisar as taxas oferecidas de diferentes bancos e comparar as rentabilidades. 

A LCI também possui proteção do Fundo Garantidor de Crédito (FGC).

Fundos DI

Melhor Forma de Investir - Fundos DI

Os fundos referenciados DI são vinculados ao CDI (Certificado de Depósito Interbancário). Eles oferecem baixo risco, pois os investimentos ligados à taxa DI costumam ser conservadores.

Este fundo é do tipo que aplica prioritariamente em investimentos que acompanham as variações desta taxa.

Os fundos DI não possuem a proteção do Fundo Garantidor de Créditos (FGC). Mas vale lembrar que mesmo que a instituição responsável vá à falência, o investimento não é afetado.

Ele apenas muda de gestão. E isso acontece porque estes fundos possuem CNPJ próprio.

Com apenas 100 reais já é possível investir nos Fundos DI

O Fundo DI, diferente das outras possibilidades de se investir dinheiro que listamos aqui, possui uma desvantagem bem grande:

… este investimento cobra uma taxa de administração e o desconto de IR através do sistema de tributação, que é conhecido como “come-cotas”.

Este imposto é cobrado duas vezes no ano e o valor dessas taxas podem chegar a 5% ao ano, um número considerado caríssimo para um investimento conservador.

Um outro problema deste fundo é que ele não possui garantia de que o fundo terá atingido 100% da taxa DI.

Por isso, o investidor precisará investir também em um bom gestor que seja capaz de bater esta taxa, mas vale lembrar que nem sempre isso é possível.

Tesouro Direto: Na Minha Opinião, a Melhor Forma de Investir Dinheiro

Melhor Forma de Investir Dinheiro - Tesouro Direto

O Tesouro Direto é um plano de venda de títulos públicos a pessoas físicas que foi desenvolvido pelo Tesouro Nacional, que é o caixa do Governo, juntamente com a Companhia Brasileira de Liquidação e Custódia (CBLC).

O objetivo principal deste tipo de investimento é captar recursos para o financiamento da dívida pública e suportar atividades do Governo Federal, como a melhoria da saúde, segurança, educação, etc…

Além de ser uma excelente opção quando se trata de rentabilidade, investir através do Tesouro Direto é fácil e simples.

Você pode começar a investir com apenas 30 reais. As taxas de administração são baixas. Você pode gerenciar os seus investimentos com a tranquilidade do seu dia a dia.

A liquidez é garantida pelo Tesouro Nacional e, para o mercado financeiro, os títulos públicos são considerados como investimento de baixíssimo risco, o que é bom para o seu dinheiro.

Alguns investidores ainda não confiam 100% sobre a afirmação de que o risco de levar calotes dos títulos públicos é realmente baixa.

E alguns economistas até dizem que as chances do governo desonrar os pagamentos dos títulos são bem grandes.

Mas um dos argumentos usados pelos defensores deste investimento é que:

Os títulos são emitidos em reais. Então, caso algo aconteça, o governo poderá emitir papel-moeda para honrar os pagamentos.

Diferente de uma poupança, o Tesouro Direto dá a possibilidade de montar uma carteira de forma adequada a cada objetivo. Então os prazos de vencimento e indexadores vão de acordo com a necessidade do investidor.

Entre os títulos públicos que são ofertados, você deverá escolher aquele que a característica seja compatível com os seus objetivos financeiros. Existem títulos de curto, médio e longo prazo.

Exemplificando: se para daqui a dois anos, você pretende trocar de carro, o seu título ideal é o de curto prazo. Se o que você quer é comprar o seu apartamento em um período de seis anos, invista no título de médio prazo.

Mas se o seu foco é na aposentadoria, que vem daqui a 25 anos, o título de longo prazo é o que você deve escolher. 

Ademais, no Tesouro Direto seu título público pode ser prefixado ou pós-fixado. Com o título prefixado o investidor sabe desde o início o valor que irá receber se continuar com o seu título até a data do vencimento.

Enquanto os títulos pós-fixados possuem seu valor corrigido, ou seja, a rentabilidade desta aplicação depende da taxa que foi contratada no momento da compra e do indexador.

Dentro da plataforma de negociação do Tesouro Direto é possível também negociar o Tesouro Selic, que paga ao investidor a mudança da taxa básica de juros, durante o tempo da aplicação.

As informações e vantagens de ter o Tesouro Direto como uma das melhores formas de se aplicar o seu dinheiro ainda não acabaram. Ao contrário, ainda temos muito o que conversar a respeito.

A melhor forma de investir dinheiro


Comentários desabilitados.